ADOPTION OF AGILE METHODS IN BRAZILIAN PUBLIC ORGANIZATIONS: THE STATE OF PRACTICE AND FUTURE CHALLENGES

  • Date: Oct 4th 2013
  • at Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Room: M8
  • 09:00 am

Agile methods are increasingly becoming a subject of interest, both to the industry and the academy. These methods are based on empirical knowledge in which learning is continually improved in order to better respond to business changes, better absorb the instability of the requirements and to provide more appropriate tools to complex projects.

The outsourcing of software development services for public organizations is continually increasing. Nevertheless, the Brazilian Government organizations have to deal with one of two situations: i) they do not develop software but, as contractors, they need to manage the development activities of the hired companies; ii) they have internal teams that produce software and they also have to manage the product development services they hire.

Currently, various Federal Administration bodies organizations starting investments to hire software development services that use agile methods. However, each of these organizations has gone through different experiences and has shared common difficulties regarding the limitations imposed by the rules of recruiting software.

This will be a workshop to promote interaction between speakers and audience in order to discuss the experiences of each organization and thus generate collective knowledge and increase the learning of all. For this, we will use a collaborative group dynamics, where all participants can express their opinions.

In this direction, reflexions will arouse:

- How to increase the adoption of best practices in your organization?
- What can be done so that the practices that were once not successful can be reintroduced?
- How to share and multiply successful experiences among organizations?
- How to deal with the limitations, conflicts and risks regarding normative rules of recruiting software?
- How can the academic realm collaborate in providing scientific resources for analysis and decision-making in public organizations?

 

Facilitators

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – UNB

  • Hilmer Rodrigues Neri (organizador): Professor
    Professor do curso de Engenharia de Software na Faculdade Gama, da Universidade de Brasília – UNB.  Possui mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Campina Grande-UFCG (2002). Atua em Engenharia de Software e possui mais de 18 anos de experiência profissional. Nos últimos anos acumulou experiências nas áreas de metodologias de desenvolvimento de software e gestão da produção de software, tendo atuado em empresas nas esferas pública e privada, além de ter sido consultor do Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento-PNUD. Foi gestor de projetos de desenvolvimento e manutenção de software e de customização de processo de desenvolvimento de software em projetos ligados ao Governo Federal. Entusiasta dos métodos ágeis, leciona disciplinas ligadas à área e coordena um laboratório com foco na agilidade da produção de software e qualidade de produto.

SEA TECNOLOGIA

  • Bruno Pedroso
    Mestre em Ciência da Computação pela Universidade de Brasília e engenheiro de sistemas há 13 anos. Coach em metodologias ágeis, entusiasta e participante ativo da comunidade nacional, já ministrou cursos e palestras sobre o assunto em vários estados. É sócio da SEA tecnologia, fundador da Startup Mapa da Prova.
  • Renato Willi Silva Consigliero - Diretor de Operações
    Formado em Ciência da Computação na UnB, Pós-Graduado em Implantação de Software Livre na UNISUL, MBA em Projetos pela FGV e MBA em Gestão Estratégica pela USP. Palestrante e organizador de diversos eventos sobre agilidade, como Agile Brazil, Scrum Gathering, Àgiles e diversos Marés de Agilidade no Brasil e colaborador na tradução do Manifesto Ágil e dos livros “Scrum and XP from the Trenches” e “Kanban and Scrum – making the best of both”.

 

 

Invited from Organizations

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – UNB

  • Paulo Roberto Meirelles Miranda(representante da academia) – Professor
    Professor do curso de Engenharia de Software da Universidade de Brasília, colaborador da comunidade Software Livre desde 2004 e em seu doutorado defendeu uma tese sobre a avaliação de métricas de código-fonte em projetos de Software Livre. Também é especialista em  de métodos ágeis

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO- TST

  • Rodrigo Cardoso Vieira - Analista de Processos de Desenvolvimento de Software
    Desenvolve software há cerca de 15 anos. Desde 2007, desenvolve sistemas no TST. Há cerca de 3 anos está envolvido em contratações de fábricas de software e, mais recentemente, na adoção de práticas ágeis para desenvolvimento interno e para contratações.
  • Claudson dos Santos Melo - Supervisor da Gestão e Apoio ao Desenvolvimento
    Pós-graduado em Engenharia de Software pela Universidade Católica de Brasília, servidor do TST há 15 anos, há 6 anos trabalhando com processo de software e aquisições de produtos de software e serviços de desenvolvimento de sistemas através de fábrica de software.
  • Tiago da Costa Peixoto - Coordenador de Desenvolvimento de Sistemas
    Atua com desenvolvimento para o governo há quase 13 anos e gerencia projetos de sistemas voltados principalmente ao tema processo eletrônico há quase 6 anos. Atualmente é Coordenador de Desenvolvimento de Sistemas do TST.

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO -TCU

  • Marcelo Meireles de Sousa - Auditor Federal de Controle Externo
    Formado em Ciência da Computação pela UnB. Exerce o cargo de AUFC desde 2006, atuando na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação (Sefti) desde 2007.
  • Carlos Alberto Mamede Hernandes - Auditor Federal de Controle Externo
    Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU) desde 1990, tendo atuado nas áreas de desenvolvimento de sistemas, suporte de bancos de dados, em projetos, como o do sistema de armazenamento e recuperação da jurisprudência do TCU e da rede computadores do TCU, e como assessor do Secretário de Tecnologia da Informação, participando da especificação de diversas soluções de Tecnologia da Informação (TI) e no planejamento das ações e do orçamento da área de TI do TCU. Atua hoje em auditoria de TI na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação do TCU (Sefti) e participou de trabalhos de fiscalização e de atividades estruturantes, como da construção do Quadro Referencial Normativo(QRN) e da elaboração do Guia de boas práticas em contratação de soluções de tecnologia da informação: riscos e controles para o planejamento da contratação. Graduou-se em Processamento de Dados (Universidade de Brasília – UnB) e fez especialização em Redes de Computadores (Universidade Católica de Brasília – UCB). É Mestre em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação (UCB).Adicionalmente, é certificado CISA – Certified Information Systems Auditor (ISACA), CGEIT – Certified in the Governance of Enterprise IT (ISACA), ITIL Foundations v2 – Information Technology Infrastructure Library (EXIN, 2006) e Melhoria do Processo de Aquisição de Software – P4-MPS.BR (SOFTEX).
  • Wesley Vaz Siva - Auditor Federal de Controle Externo
    Mestre em Ciência da Computação pela UNICAMP e possui MBA em Gestão Empresarial pela UCG/FGV-RJ. Desde 2008, é Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União, onde atua como diretor na 1ª Diretoria de Fiscalização de Governança de TI da Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação. Possui o certificado CISA® (Certified Information System Auditor). Leciona na Universidade de Brasília em cursos de pós-graduação em governança de TI e na Universidade Católica de Brasília, onde também pesquisa os temas: governança de TI, inteligência competitiva governamental, planejamento estratégico de sistemas de informação, qualidade de software e gestão de projetos. Possui mais de 10 anos de experiência na gestão de projetos de tecnologia da informação voltados à produção de informações estratégicas para suporte à decisão. Coordenou o Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro (Ministério da Justiça) e foi Analista de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União, onde geriu o projeto de implantação do Observatório da Despesa Pública. Foi gerente do projeto Datawarehouse Sinergia, que disponibilizou o sistema de suporte à decisão estratégica do Tribunal de Contas da UniãoFormado em Ciência da Computação pela UnB. Exerce o cargo de AUFC desde 2006, atuando na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação (Sefti) desde 2007.

BANCO CENTRAL DO BRASIL-BACEN

  • Eduardo Weller - Chefe da Divisão de Serviços de Arquitetura, Reusabilidade e Relacionamento com Fábricas de Software do Departamento de Tecnologia da Informação
    Analista envolvido em projetos de desenvolvimento de sistemas no Banco Central há 13 anos. Atualmente lidera as equipes responsáveis pelas metodologias, arquiteturas de software e pela viabilização de projetos com auxílio de contratação externa.
  • Carla Micheli de Avila

  • Javé Barbosa de Meneses

  • Cristiano Kliemann

SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL – STN

  • Ana Cristina Bittar de Oliveira - Coordenadora de Sistemas e Tecnologia da Informação
    Graduada em Engenharia Mecânica pela Universidade de Brasília e com pós-graduação em Governança de TI pela Fundação Universa, trabalha na Secretaria do Tesouro Nacional aonde exerce, desde 2006, o cargo de Coordenadora de Sistemas e Tecnologia da Informação. Atuou diretamente como Gerente de Projeto do Novo SIAFI de 2010 até a sua implantação em 2012.
  • Rogério Gabriel Nogalha de Lima - Analista de Finanças e Controle
    Exerce, atualmente, o cargo de Gerente na Coordenação-Geral de Sistemas e Tecnologia da Informação da Secretaria do Tesouro Nacional. Tem experiência em Administração Pública, com ênfase nas áreas de Controladoria, Auditoria, Política e Planejamento Governamentais. Atuando, também, como professor na Faculdade SENAC-DF, Escola Nacional de Administração Pública- ENAP e Escola de Administração Financeira – ESAF.
  • Alisson Neres Lindoso - Gerente de Relacionamento da Coordenação de Sistemas
    Graduado em Ciência da Computação e Mestre em Engenharia de Software. experiência em gestão de projetos e desenvolvimento de sistemas em Java.
  • Kalina Ramos Porto - Gerente de Projetos
    Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional desde 2009. Graduada e Mestre em Ciência da Computação, Especialista em Governo Eletrônico. Atua na Gerência de Desenvolvimento (GEDES) como Gerente de Projeto e é a atual responsável pelo desenho e implantação do processo de Gestão Ágil no âmbito da STN.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS – INEP

  • Ladjane Arruda - Gerente de Projetos
    Gerente de projetos há mais de 8 anos, sendo 4,5 anos trabalhando com métodos ágeis pelo Inep, em especial, com o Scrum e o Kanban. Atua como Product Owner de diversos projetos (de acordo com a Metodologia de Gestão e Desenvolvimento de Sistemas- MGDS), pela qual é responsável desde a sua versão 2.0. Possui certificações CSM e CSPO.
  • Rosa Maria da Costa Medeiros - Analista de processos
  • Ramon Moreno de Matos Vieira - Analista de TI
  • Ariene Mariano Rêgo Crispim - Coordenadora Geral de Sistemas

INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL – IPHAN

  • Carlos Augusto Pessoa Machado - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental; Coordenador Geral de Tecnologia da Informação
    Arquiteto e Urbanista de formação, com especialização em Governança de Tecnologia da Informação. Membro da carreira EPPGG Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão desde dezembro de 2004. Atua como responsável pela Tecnologia da Informação do IPHAN há seis anos. Membro da Coordenação da e-Ping desde 2008. Conteudista e professor do curso de Plano Diretor de Tecnologia da Informação, na ENAP. Responsável pela elaboração da Metodologia IPHAN de Gestão de Demandas de Desenvolvimento Ágil de Softwares (MIDAS).
  • Humberto Mattos Carvalho - Analista de Tecnologia da Informação; Chefe de Divisão de Sistemas de Informação
    Bacharel em Ciência da Computação, com experiência em desenvolvimento de sistemas no setor privado. Analista de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão desde outubro de 2010, com passagem pela Presidência da República. Atua, desde o início de 2013 como o responsável pelo desenvolvimento de Sistemas de Informação no IPHAN, com adoção de práticas ágeis.